buscar
´

Por que temos pelos?

Se a teoria da evolução nos faz pensar que somos descendentes de macacos, então porque não temos pelos grossos cobrindo todo o nosso corpo e sim apenas em algumas partes?

Ciência
1 semana atrás
Por que temos pelos?

Essa é uma questão que a antropóloga Nina Jablonsk relatou em sua palestra TED realizada no mês passado.

“Temos muito em comum com nossos parentes primatas mais próximos. Mas comparativamente, os humanos parecem um pouco… “malvestidos”. Em vez de pelo grosso cobrindo nosso corpo, muitos de nós temos cabelo no topo de nossa cabeça, e em alguns outros lugares. Então, como ficamos tão pelados? E por que temos cabelo onde temos?” Diz Jablonsk.

Entenda o que acontece

Temos muito em comum com nossos parentes primatas mais próximos. Mas comparativamente, os humanos parecem um pouco... "malvestidos".
Temos muito em comum com nossos parentes primatas mais próximos. Mas comparativamente, os humanos parecem um pouco… “malvestidos”.

Assim como os pelos dos animais, o cabelo humano é feito de filamentos de queratina que crescem de órgãos, mais conhecidos como folículos. A diferença é que para muitos animais mamíferos, o pelo cresce em duas camadas consistindo em um subpelo mais curto coberto por pelos mais longos que servem de proteção.

No meio animal existem diferentes tipos de pelos, que foram modificados para vários fins, de acordo com cada necessidade de cada animal. O pelo humano, por outro lado, é um tipo de combinação desses tipos de pelo.

Pelo fato de ser raro encontrar pelo em fósseis, os pesquisadores tiveram uma certa dificuldade de identificar como eram os pelos de nossos ancestrais e quando começaram essas mudanças de pelos, para o que temos hoje. Segundo Nina Jablonsk os cientistas desenvolveram algumas hipóteses de trabalho para identificar isso.

“Parece que, milhões de anos atrás na África, os primeiros hominídeos saíram das árvores e adotaram um estilo de vida mais ativo. Manter o frescor tornou-se cada vez mais importante. Eles desenvolveram mais glândulas sudoríparas, o que os ajudou a perder calor ao evaporar a umidade pela pele. Os humanos têm dez vezes mais glândulas sudoríparas do que os chimpanzés. Mas é mais difícil perder calor pelo suor quando você está coberto de pelos. Cientistas creem que os primeiros humanos perderam parte de sua pelagem nessa época para ajudar o suor a evaporar mais rápido.” Explica a antropóloga.

Em vez de pelos grossos cobrindo nosso corpo, muitos de nós temos essencialmente cabelo no topo da cabeça, e pelo em alguns outros lugares.
Em vez de pelos grossos cobrindo nosso corpo, muitos de nós temos essencialmente cabelo no topo da cabeça, e pelo em alguns outros lugares.

Partindo do mesmo princípio de que os animais têm seus pelos para proteção, nos seres humanos mantemos nossos pelos em certos lugares atualmente, justamente por questão de proteção.

Por exemplo, o cabelo protege o couro cabeludo do sol escaldante, já cílios estão ali para minimizar o fluxo de ar sobre os olhos, impedindo-os de secar e receber sujeira, assim como os pelos do nariz que protege as vias respiratórias evitando que germes, bactérias e até mesmo detritos chegam ao pulmão.

1. Pelo 2. Superfície da pele 3. Sebo 4. Folículo piloso 5. Glândula sebácea
1. Pelo 2. Superfície da pele 3. Sebo 4. Folículo piloso 5. Glândula sebácea

Umas das curiosidade é em relação às sobrancelhas, que segundo pesquisadores, são especialmente úteis para a comunicação, porque ficam sobre músculos faciais ativos que transmitem nossos sentimentos. Outro tipo de pelo humano que não tem um propósito exato é o cabelo velino, aqueles que cobrem nosso corpo. Os folículos dos quais eles crescem são como um banco de células-tronco, responsável pela recuperação da pele após uma lesão, além de ser locais importantes de terminações nervosas que transmitem sinais de toque suave para o cérebro.

Afinal, analisando tudo isso, podemos dizer que temos a mesma densidade de pelos que os macacos de tamanhos comparáveis, embora muito mais finos. “Apesar de toda essa conversa sobre falta de pelo humana, não somos tão pelados quanto aparentamos.” Finaliza a antropóloga Nina Jablonsk.

Apenas 7% do nosso genoma é exclusivamente humano
De acordo com pesquisas e está, cientistas descobrem que apenas 7% do nosso genoma, nos torna exclusivamente humanos, e o restante da porcentagem vem da genética dos nossos...
A sua memória pode não ser fiel à realidade
Neurocientistas, descobriram que, quando formamos uma memória, nossa interpretação de informações visuais é influenciada por nossas experiências anteriores e vieses...
Bilionário Richard Branson da início ao turismo espacial com a Virgin Galactic
O sonho de conhecer o espaço está agora mais próximo dos civis, pelo menos se você for um milionário. Hoje o bilionário Richard Branson deu início ao turismo espacial com a...
A poeira é mais importante do que você imagina
Bem, vamos começar explicando o que é poeira; de acordo com o dicionário ela é "terra ou qualquer outra matéria reduzida a pó". Com isso eu explico pra vocês que a poeira...
SpaceBok, o desafio de fazer um robô andar em Marte
O robô foi projetado para conseguir operar em corpos de baixa gravidade como a lua, SpaceBok foi feito inicialmente para pular na superfície do nosso satélite, igual aos...

O Fusne é um site para quem ama internet, nós somos especializados em testar apps e tudo mais que envolve tecnologia. O que você vai encontrar por aqui é escrito por humanos, que vivem fazendo compras online, assim como você, então entende as suas dificuldades e felicidades nessas horas. O material do Fusne é testado várias e várias vezes pela equipe...