buscar

Nave espacial Starship é a nova proposta de Elon Musk

No dia 28 de setembro de 2019 foi revelado o grande protótipo da nave espacial Starship, por SpaceX e o CEO da Tesla, Elon Musk, em Boca Chica Village, Texas. A nova nave emprega muitas ideias que foram estudadas décadas atrás, mas nunca trabalhadas. Ela é feita inteiramente de aço inoxidável em vez de fibra de carbono, pesa 200 toneladas e tem 50 metros de altura. A ideia é iniciar nos próximos meses um teste de voo não tripulado que voaria 19 quilômetros e retornaria intacto ao solo.

Ciência
2 meses atrás
Nave espacial Starship é a nova proposta de Elon Musk

O protótipo foi exibido ao lado do foguete Falcon 1 original da SpaceX, e é questão de um ou dois meses, para o protótipo Mk1 da Starship lançar voo.

Novo método

Segundo a Ars Technica, o material com que foi feito o protótipo oferece maior propriedades térmicas excepcionais, além de um custo bem mais baixo. O aço é fácil de soldar e resistente às intempéries, sendo de longe a melhor opção desenvolvida pela equipe de Musk.

Acontece que, em temperaturas extremamente baixas, o aço inoxidável 301 não fica quebradiço, e nas temperaturas muito altas da reentrada atmosférica, ela não derrete até atingir 1500 graus centígrados. Porém, necessita apenas de um escudo contra o calor de ladrilhos térmicos.

Em questão do custo, o aço inoxidável é vendido por US$ 2.500 a tonelada, enquanto a fibra de carbono custa cerca de US$ 130 mil a tonelada. Como a intenção da empresa é construir a Starships por conta própria, a ideia de usar o aço inoxidável foi incrível.

Especialistas dizem que a tecnologia da Starship está dentro do campo de possibilidades, sem exigir uma física impossível ou saltos tecnológicos improváveis.

Futuro

Como sempre, Musk fez suas declarações ousadas dizendo que a Starship acabará por transportar colonos para Marte, e pretende aumentar a altura do foguete para 118 metros, para ser capaz de transportar quase 100 mil quilos, e ainda planeja colocar em orbitais dentro de seis meses.

Musk também quer tornar a nave espacial em reutilizável, e previu que os custos de longo prazo da Starship ficarão abaixo das estimativas iniciais, dentro de 2 ou 3 bilhões. E conclui que a Starship poderia realizar uma viagem de Nova York a Tóquio em 30 minutos, dizendo que a nave é basicamente um ICBM (míssil balístico intercontinental) que pousa, apenas remova a bomba nuclear e acrescente o pouso. Nada poderia chegar tão mais rápido do que um ICBM.

O administrador da NASA, Jim Bridenstine, criticou a SpaceX e Musk em um tuíte que sugeria que a empresa deveria se concentrar no Programa de Tripulação Comercial, que é constantemente adiado. O programa Crew Dragon da SpaceX, que, juntamente com o projeto CST-100 Starliner da concorrente Boeing, pretende substituir o ônibus espacial aposentado, está anos atrasado; uma cápsula do Crew Dragon explodiu em abril de 2019, embora a SpaceX mais tarde tenha identificado o problema.

De um jeito muito louco, desafiando os padrões espaciais, Musk pretende criar novas iterações da Starship num período de seis meses, além de desenvolver um motor de foguete por dia até o início de 2020.

*Com informações da SpaceX e Gizmodo.

O que há no fundo do oceano
Os oceanos do mundo representam 70% de todo o nosso planeta e, desse percentual, 95% é inexplorado. Mas o explorador e investidor Victor Vescovo liderou a primeira expedição...
Stonehenge espanhol ressurge após 60 anos
O Dólmen de Guadalperal foi descoberto como monumento neolítico em 1925 por um padre alemão, Hugo Obermaier, amador de arqueologia, a escultura é composta por cerca de 144...
É assim que sua guitarra funciona
A guitarra é um instrumento musical derivado do violão. Essa palavra refere se a uma série de instrumentos de corda. Com toda certeza você já deve ter visto uma guitarra em...
Poluição sonora tem impacto ambiental e emocional
No ranking de maior causadora de doenças da Organização Mundial da Saúde (OMS), a poluição sonora ocupa o segundo lugar, ficando acima da poluição da água e atrás da...
Já é história: aconteceu a primeira caminhada 100% feminina no espaço
Duas astronautas da Agência Espacial Norte-Americana fizeram história. Christina Koch e Jessica Meir participaram da primeira Atividade Extra-Veicular (EVA, na sigla em inglês)...

O Fusne é um site para quem ama internet, nós somos especializados em testar apps e tudo mais que envolve tecnologia. O que você vai encontrar por aqui é escrito por humanos, que vivem fazendo compras online, assim como você, então entende as suas dificuldades e felicidades nessas horas. O material do Fusne é testado várias e várias vezes pela equipe...